Joomla extensions and Joomla templates by JoomlaShine.com

Newsletter



Receber em HTML?

História

Ao longo de sua história, Ilhabela, sempre foi uma emocionante mistura de mistério, fenômenos sobrenaturais, índios, lendas, escravos, corsários, naufrágios, opulência e natureza exuberante.

Em 20 de janeiro de 1502, o genovês Américo Vespúcio navegou pela primeira vez pelas águas do canal, batizando com o nome de Ilha de São Sebastião, nome alusivo ao santo do dia.

Depois disto, portugueses e ingleses aportaram em suas praias. Até os piratas fazem parte de sua história, contribuindo com suas lendas e mistérios. É possível mergulhar em várias das embarcações mapeadas que naufragaram em combates.

O Município de Ilhabela compreende: Ilha de São Sebastião, Ilhas de Búzios, Ilha da Vitória (habitadas) e mais os ilhotes: das Cabras (também habitada), Serraria (em frente à praia do mesmo nome), Castelhanos, Lagoa, Figueira (na baia de Castelhanos) e das Enchovas (na baia das Enchovas).

O povoado da Ilha recebeu o nome de Villa Bella da Princesa. Alcançou a sua emancipação político-administrativa em 03 de setembro de 1805 com este nome. Passou a se chamar apenas Villa Bella popularmente.

Ficou com este nome até 1940, quando, por decreto mudou de nome para Formosa, e em 1944 para Ilhabela.
A população do município de Ilhabela sempre se concentrou na faixa próxima ao mar, principalmente na parte do canal, embora o caiçara tenha vivido até hoje, em toda volta da Ilha.

Até a década de 50 a população do município era genuinamente caiçara. A partir daí começam a chegar os primeiros migrantes e turistas, estes vindos principalmente da capital paulista.

O turismo desenvolveu-se com mais intensidade a partir dos anos 60 (com o advento da balsa em 1958). Desde então, o município equipou-se de bom comércio voltado para o turismo.

Até a década de quarenta, o município de Ilhabela teve boa atividade agrícola, desenvolvendo principalmente o plantio da cana-de-açúcar , com a fabricação de pinga , tão famosa e preferida.

Na área pesqueira o município teve uma atividade bem desenvolvida principalmente na pesca da sardinha que era feita em grande escala. Ainda com relação à agricultura, desenvolveu-se o plantio do café, banana, laranja, abacate, cajú, jaca, feijão, milho e mandioca.

Boa quantidade dessa produção era levada para Santos, para ser comercializada, através das grandes canoas de voga (a remo), e pelos barcos que mantinham uma linha periódica para aquela cidade e de lá para cá.

Atualmente a economia do município de Ilhabela está voltada para o Turismo.

 

© Copyright 2009 - Fernanda Bianco Viagens e Turismo LTDA

Av. Princesa Isabel, 1417 - Sala 5 - Perequê
Tels: (12) 3896-4186 / 9184-6908 / (11) 2626-4919 / 9446-4747
Msn: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email   / E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email  

Estrutura e Webdesign